quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Como surgiram as ciclovias na Holanda

Acabo de receber este vídeo e achei ótimo!

Tanta discussão quando defendemos a bicicleta como meio de transporte viável e sempre que defendemos isso vem alguém falando que "aqui não é a Holanda".

Depois de me envolver com este mundo passei a ter informações - sobretudo da Transporte Ativo - de que estamos passando hoje por um momento muito semelhante ao que aconteceu na mesma Holanda há algum tempo atrás.

Também é comum ouvir frases do tipo "Não adianta querer copiar modelos europeus ou de outros países, o Brasil é diferente". De fato as pessoas que defendem isso não percebem que nós copiamos sim, o modelo americano, o maior poluidor do mundo. Para a maioria de nosso povo os EUA são o principal modelo de desenvolvimento e um sonho de consumo. Enfim.
...
As informações do vídeo abaixo não são novas, mas gostei porque é em português, com uma linguagem não técnica e muito bem feito, vale divulgar!



Até o próximo...

4 comentários:

  1. Excelente !
    Vale ser muito divulgado !

    ResponderExcluir
  2. Video muito bom mesmo, mas a Holanda tem uma vantagem que aqui em São Paulo nós não temos: o terreno deles é plano e o nosso é muito desnivelado. Amsterdam tem uma área urbana de 897 km² e em São Paulo 1.509 km² são de áreas urbanas, sendo a maior área urbana do país. Uma população estimada em 10.998.813 (2009) versus uma população de 761.262 (2009) em Amsterdam. Adoro bikes e ando com a minha, mas não tem como comparar as duas cidades.

    ResponderExcluir
  3. Muito polarizado o seu vídeo. Os ciclosxiitas sempre acham que a bicicleta vai resolver os problemas do mundo. Vc comentou muito mas muito pouco sobre a política de mobilidade urbana que foi implementada na Holanda na década de 70. A bicicleta é uma pequena parte dela e não a maioria como vcs pregam. A holanda possui bondes elétricos,taxi-barco, trens e bicicletas. Ou seja, transporte de massa bom a baixo custo, muitas opções e vários horários. Ou vcs acreditam que os holandeses andam de bibicleta na neve ? então não é assim, investe em bicicleta que o resolvemos o problema da mobilidade. Tem infra-estrutura, educação , leis e mais outras coisas antes de simplesmente bicicleta resolve tudo. Ah e tem a questão economica tb. A vontade de não ser economicamente dependente dos paises do , hoje G8, por causa de petroleo levaram os holandeses a repensar várias coisas na decada de 70. Historicamente os holandeses sempre lutaram por sua independência economica e a crise foi mais uma destas razões. A nivel de brasil estamos muito atrás deles, séculos na verdade, e acredito que a bicicleta tem hora e tem lugar. Em regiões com alto índice pluviométrico, o tiro pode sair pela culatra então a solução é bem mais profunda do que somente ciclovias. isso é populismo político para satisfazer uma extrato da classe média , que quer lavar a sua consciencia ecologicamente correta mas que não abre mão de ficar em seus apartamentos com todo o conforto de uma vida moderna. Nunca meteram a mão em uma enxada, nunca dependeram de plantar para sobreviver, nunca enfiaram a mão em bosta "de bicho" e por aí vai. Não tomam banho frio de cachoeira por que não tem eletricidade para esquentar chuveirinho elétrico, não lenham uma madeira para fazer fogo para poder fazer a comida pois não tem como o caminhão de gás entregar pois nem rua tem, não comem poeira pois a rua é de terra batida. e por aí vai. Pensar globalmente, estruturalmente é muito dificil mesmo, fácil é pensar no meu umbigo, no aqui e agora, resolve o meu problema e dos meus amiguinhos e pronto , o mundo vem atrás da gente. E por essas e outras que esse pais não vai para frente. Já na Holanda....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá anônimo,

      Obrigado pela participação e por trazer esta discussão.
      Confesso que não sei exatamente o que quer dizer com "polarizado", vou entender que quer dizer "parcial", ok?
      Bem, eu sou partidário da bicicleta. Existem muitos problemas a serem resolvidos em nossa vida e em nossa sociedade, é muito comum a gente querer resolver muitos, mas - na prática - ficamos só na vontade.
      Eu faço muitas coisas para contribuir com isso em meu dia a dia, mas este espaço aqui eu criei para falar sobre bicicletas e de como elas podem melhorar nossas vidas.
      Não creio que elas são a solução para o mundo, mas - como eu disse acima - aqui o foco é chamar a atenção sobre como elas podem nos ajudar.
      Gosto sempre de me basear em exemplos dos outros, em seus erros e acertos, para poder me prevenir; mas isso não significa "copiar" ou achar que o exemplo que deu certo para um servirá naturalmente para o outro.
      Este vídeo em especial é para refletir.
      Para ver que é possível mudar.
      E é só mais um exemplo, não o único ou o melhor.
      Mas esta conversa pode render muito.

      Mas uma vez agradeço por vir aqui trazer - respeitosamente - uma opinião complementar.

      Mas seria legal se da próxima vez se identificasse, já que trás visões diferentes, suscitando a continuidade da discussão.

      Um grande abraço!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...